Citação

Será a morte da URL?: Link – Estadao.com.br
Será a morte da URL?segunda-feira, 3 de agosto de 2009 16:02porRafael Cabral e Rodrigo Martins, de O Estado de S. PauloA barra de endereços do navegador já dá sinais de aposentadoria. Com formas mais diretas e hierarquizadas de se encontrar informações na internet como Google, links do Twitter e até câmera do celular, digitar http://www.site.com.br para chegar a uma página está caindo em desuso. Veja nas laterais destas páginas quais são as novas tecnologias responsáveis por esta mudança. QR CODE Quick Response Code (Código de Resposta Rápida) é a evolução do código de barras, em duas dimensões, criando uma integração entre os mundos físico e virtual. Basta tirar uma foto da imagem com o celular. Um software encaminha automaticamente para um texto ou imagem hospedado na internet, onde fica armazenado o conteúdo em questão. No Brasil, a primeira empresa a usar esse conceito em anúncios foi a loja eletrônica Fast Shop, em 2007, aqui no Link. Ainda não são todos os aparelhos que têm o dispositivo para a decodificação, mas os novos celulares já virão com a tecnologia integrada. De qualquer forma, há um programa gratuito que você pode baixar no bit.ly/quickresponse, e que atua da mesma maneira. Os QR Codes, aos poucos, vêm sendo assimilados até pela cultura pop. A banda inglesa Pet Shop Boys utilizou dezenas deles no videoclipe da música "Integral". Quando enquadrados pela câmera do seu telefone, eles levam para diferentes sites que tratam sobre a questão da privacidade. O QR Code nada mais é do que um dos usos possíveis para a realidade aumentada – uma nova tecnologia que busca misturar os m