Ola´!                                                                                                                                                                                                                                        Mosteiro dos Jerônimos, Lisbôa, Portugal – vários arquitetos – 1502-44.

A igreja é de planta longitudinal, em cruz latina, com três naves cobertas por abóbada única, rebaixada, apoiada em oito pilares octogonais de grande altura, sistema que possibilita a criação de um espaço transparente, unificado e luminoso. A atual Capela-mor, maneirista, é da autoria de Jerônimo de Ruão, e guarda os túmulos, classificados, de D. Manuel I, D. Maria, D. João III e D. Catarina. O belo retábulo-mor é de autoria de Lourenço de Salzedo, pintor régio. No transepto estão os túmulos de D. Sebastião e do Cardeal D. Henrique, e no primeiro tramo do sub-coro estão os cenotáfios de Luís de Camões e de Vasco da Gama.

O Claustro, a Norte, é de dois andares abobadados, decorado com motivos relevados cristológicos, pontuados por heráldica régia. A Casa do Capítulo, a Nascente do Claustro, foi reconstruída em 1884, e alberga o túmulo de Alexandre Herculano. No Refeitório, paralelo à parede Oeste do Claustro e coberto por uma única abóbada onde conserva-se uma pintura de Avelar Rebelo representando São Jerôn

Indico a leitura do seguinte texto publicado no Globo Online: Arquitetura – Mosteiro dos Jerônimos (http://www.oglobo.com.br//pais/noblat/post.asp?cod_post=136932)

Data: 1/10/2008

Meu comentário:
Veja a foto no album Obras de Arte http://espacoderenatoecrucita.spaces.live.com/photos/cns!7D793D92A8BA6F3B!392/